Lula aposta em Ronaldo, e quer Marta no Corinthians

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva assumiu mais uma vez o papel de comentarista, ontem, ao falar durante pouco mais de meia hora sobre esporte, em especial o futebol. Lula declarou que a convocação de Adriano e Ronaldo para a Copa depende apenas dos dois atletas, seus ídolos. "Acho que até agora o Dunga está fazendo trabalho sério. Mas depende de os jogadores botarem na cabeça que (a convocação) depende única e exclusivamente deles. Se estiverem bem, jogando o que sabem, dificilmente um técnico vai deixar de convocá-los", disse em entrevista à rádio O Dia.

Luciana Nunes Leal, O Estadao de S.Paulo

22 Dezembro 2009 | 00h00

Lula elogiou Marta, eleita a melhor do mundo, e a seleção feminina. "As meninas estão jogando melhor que os homens, são mais brilhantes", comentou. "A Marta é estupenda. Se eu fosse presidente do Corinthians, contrataria a Marta", afirmou o corintiano.

De acordo com o presidente, os investimentos no futebol feminino são tímidos, porque não se formou a cultura de uma torcida de mulheres e crianças. Disse que gostaria de ver os homens indo ao estádio em dia da semana e, no dia seguinte, suas mulheres saindo para torcer pelos times femininos.

Lula ressaltou que, vencida a disputa para a Olimpíada de 2016, o País deve se preparar para formar atletas competitivos e promete cobrar de federações e confederações de esportes olímpicos metas a serem cumpridas nos próximos anos. O presidente afirmou que "a primeira medalha de ouro" obtida pelo Brasil será o Rio pacificado, sem violência.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.