Lula defende união civil entre pessoas do mesmo sexo

Em entrevista à TV Brasil, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva defendeu hoje a união civil entre homossexuais e a adoção de crianças por casais do mesmo sexo. Ele avaliou que a questão dos homossexuais costuma ser tratada com hipocrisia. "A vida inteira defendi o direito à união civil", afirmou. "Temos que parar com hipocrisia, porque a gente sabe que existe, tem homem morando com homem, mulher morando com mulher e muitas vezes vivem bem, de forma extraordinária."Lula também criticou o preconceito. "Cada ser humano viva sua vida do jeito que bem entender desde que não moleste a vida dos outros", disse. Ao defender a adoção de crianças por homossexuais, o presidente disse que os políticos só não se calam quando querem o imposto deles. "A vida que cada um leva dentro de casa, o parceiro que quer ter a mulher ou homem, é problema deles", afirmou. "O que importante é que sejam cidadãos brasileiros, respeitem a Constituição e cumpram com seu compromisso com a nação."

LEONENCIO NOSSA, Agencia Estado

17 de setembro de 2008 | 21h56

Tudo o que sabemos sobre:
Lulagays

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.