Lula e Durão Barroso discutem crise Brasil-Espanha

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva recebeu hoje no Itamaraty o presidente da Comissão Européia, José Manuel Durão Barroso, e tratou as barreiras impostas pela União Européia ao ingresso de cidadãos estrangeiros em seu território como um tema apenas da relação bilateral Brasil-Espanha. Nas últimas semanas, autoridades de imigração da Espanha não apenas barraram ingresso de brasileiros como os submeteram a situações de constrangimento e humilhação. Na conversa com a imprensa, Lula lembrou que Durão Barroso ajudou o governo brasileiro quando houve problemas similares em Portugal. "Agora, nós temos de tratar diretamente com a Espanha, onde o problema está mais grave", afirmou Lula, ressaltando ter esperança de ver os problemas bilaterais resolvidos logo. Na conversa privada que manteve com Durão Barroso, no Itamaraty, Lula teria deixado claro o desconforto do governo brasileiro com a forma como a Espanha aplica as normas da União Européia sobre imigração. Fontes governamentais relataram que as atitudes da Espanha estão provocando danos à imagem da União Européia no Brasil. Diante dos jornalistas, Durão Barroso esquivou-se de responder perguntas sobre a questão.

DENISE CHRISPIM MARIN, Agencia Estado

19 de março de 2008 | 16h38

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.