Lula lamenta morte da secretária Rosani

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva divulgou nota hoje em que lamenta a morte da secretária de Renda de Cidadania do Ministério do Desenvolvimento Social, Rosani Cunha, ocorrida no sábado, em um acidente de carro na Argentina. "A morte da companheira Rosani Cunha deixou-me consternado. Lastimo as circunstâncias trágicas em que ocorreu e a perda de uma servidora pública competente e dedicada, que há quatro anos fazia um trabalho admirável na gestão do Bolsa Família, importantíssimo para os brasileiros mais necessitados. Minhas sinceras homenagens a seus familiares, amigos e ao ministro Patrus Ananias", diz a nota, divulgada pela assessoria de imprensa do Palácio do Planalto. O acidente que resultou na morte da secretária ocorreu no município de Veinticinco de Mayo, a 230 quilômetros de Buenos Aires. Sobreviveram ao acidente seu marido e um amigo argentino do casal que estava com eles no automóvel. Rosani Cunha iria fazer nesta segunda-feira, na capital argentina, palestra em um seminário sobre políticas públicas de proteção social. No Ministério, ela era a responsável pelo Bolsa-Família, principal programa social do governo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.