Lula pede a candidatos que usem a verdade para falar do governo

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva pediu nesta segunda-feira aos candidatos políticos que falem a verdade sobre o governo federal durante o período eleitoral.

REUTERS

13 de setembro de 2010 | 15h02

"Porque em campanha política... (durante) as campanhas podem falar tudo. A única coisa que as pessoas não podem prescindir é de falar a verdade", disse Lula em discurso durante cerimônia de entrega de trechos da BR-101 em Santa Catarina.

"E eu sei que a verdade é dura. A verdade dói. Mas se os políticos falassem mais a verdade possivelmente o povo tivesse mais condições de escolher melhores políticos em época de eleição", completou.

Antes, Lula enumerou uma série de cifras de investimentos em rodovias no Estado de Santa Catarina durante seu governo, que, segundo ele, somam 5 bilhões de reais, sendo que 2,4 bilhões de reais já teriam sido gastos.

Ele afirmou que citou esses números porque, com as eleições, os candidato prometem tudo. "Vocês não terão mais nenhum problema depois das eleições, porque vai estar tudo resolvido."

"Em política, tem um tipo de político que pensa que está falando a verdade e vai na televisão e fala: 'porque eu mato a cobra e mostro o pau'. Na minha turma, a gente mata a cobra e mostra a cobra morta", ironizou o presidente.

Tudo o que sabemos sobre:
ELEICOESLULASC*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.