Lula quer falar com Obama antes que aparato do Estado o 'devore'

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse na sexta-feira que quer falar com o presidente eleito dos Estados Unidos, Barack Obama, antes que o "aparato do Estado" o transforme quando chegar à Casa Branca. Ao se reunir com o presidente da Venezuela, Hugo Chávez, em Maracaibo, Lula disse esperar que Obama mude sua visão sobre a América Latina e veja os avanços em suas democracias. "Não tive a oportunidade de falar com Obama e sem dúvida temos que conversar antes que o aparato de Estado se apodere dele, porque você (Chávez) sabe que as máquinas são poderosas e que se não lutamos contra elas nos devoram em pouco tempo e não fazemos o que temos que fazer", disse Lula em seu discurso. "A máquina é capaz de nos transformar em algo diferente daquilo que pensamos ser quando chegamos à presidência", acrescentou. Lula manifestou esperança de que o próximo presidente dos EUA, que assume no dia 20 de janeiro, fortaleça as relações com a América Latina e ponha fim ao embargo econômico a Cuba. (Reportagem de Ana Isabel Martinez)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.