Lula suspende viagens e inicia tratamento contra câncer 2a feira

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva cancelou sua agenda de viagens nacionais e internacionais até janeiro de 2012 e inicia o tratamento contra o câncer na laringe na segunda-feira, segundo nota de organização ligada a Lula.

REUTERS

30 de outubro de 2011 | 17h41

"Amanhã (segunda-feira) o ex-presidente fará a primeira aplicação de quimioterapia no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo", informou o Instituto Cidadania, organização que prepara a criação do futuro Instituto Lula.

No sábado, o hospital Sírio-Libanês comunicou que o ex-presidente foi diagnosticado com tumor maligno localizado na laringe. Lula passou quase todo o dia de sábado no hospital, recuperando-se de uma pequena intervenção cirúrgica para colher material do tumor (biópsia) e deixou o local por volta das 20 horas, com destino a São Bernardo do Campo (ABC paulista), onde passou o dia neste domingo.

O instituto informou ainda que os boletins médicos produzidos pela equipe do Sírio Libanês responsável pelo tratamento do ex-presidente serão reproduzidos no site da entidade: www.icidadania.org.

Em entrevista a jornalistas, reproduzida pela Globo News, o médico Roberto Kalil disse Lula está tranquilo e descansa em seu apartamento em São Bernardo (SP), antes de iniciar o tratamento nesta segunda-feira.

O médico disse aos jornalistas que conversou com a imprensa a pedido do ex-presidente, que pediu transparência na informação sobre a situação de sua saúde.

Em comunicado divulgado neste domingo, o presidente da Venezuela, Hugo Chávez, disse que vai rogar pela saúde do ex-presidente Lula. Segundo Chávez, Lula foi diagnosticado com a mesma enfermidade que o líder venezuelano assegura ter superado.

(Por Fabíola Gomes)

Tudo o que sabemos sobre:
POLLULABOLETIM*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.