Lupi dará explicações em audiência em comissão da Câmara na 5a

O ministro do Trabalho, Carlos Lupi, chefe da pasta que está no foco de denúncias de supostas irregularidades, irá à Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara dos Deputados na quinta-feira para prestar esclarecimentos, informou a secretaria da comissão nesta quarta.

REUTERS

09 de novembro de 2011 | 12h40

De acordo com a secretaria, os requerimentos de convite e convocação do ministro foram retirados da pauta após a confirmação de que o Lupi irá "espontaneamente" à audiência.

Reportagem da revista Veja denuncia que assessores próximos ao ministro atuariam num esquema de cobrança de propina de organizações não-governamentais (ONGs) conveniadas com o ministério para liberar de recursos e resolver "pendências" nos contratos.

A audiência está marcada para a manhã da quinta.

A ida de Lupi segue o roteiro de alguns dos ministros que deixaram o governo Dilma Rousseff por supostas irregularidades que antes de saírem de seus cargos também prestaram esclarecimentos no Congresso.

Após a publicação das denúncias, Lupi decidiu instaurar uma sindicância, pediu que a Polícia Federal investigue o caso e afastou um dos servidores citados na reportagem que ainda trabalhavam no Ministério.

Seis ministros já deixaram o governo da presidente Dilma Rousseff desde junho, cinco deles em meio a denúncias de irregularidades --Antonio Palocci (Casa Civil), Alfredo Nascimento (Transportes), Wagner Rossi (Agricultura), Pedro Novais (Turismo) e Orlando Silva (Esportes).

(Reportagem de Maria Carolina Marcello)

Tudo o que sabemos sobre:
POLITICALUPICAMARA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.