Madonna lidera ranking de cantoras mais ricas

Revista 'Forbes' divulga lista das 20 cantoras mais ricas do mercado fonográfico.

Da BBC Brasil, BBC

31 de janeiro de 2008 | 10h40

Madonna lidera o ranking das cantoras mais ricas do mundo, de acordo com uma lista publicada pela revista americana Forbes.Segundo dados divulgados pela publicação, a estrela da música pop arrecadou US$ 72 milhões (cerca de R$ 128 milhões) entre junho de 2006 e junho de 2007.Esta é a primeira vez que a Forbes divulga o ranking Cash Queens of Music (Rainhas do Dinheiro na Música, em tradução livre).A revista selecionou as 20 cantoras mais bem pagas da indústria fonográfica durante o período de um ano. Juntas, as 20 cantoras ganharam cerca de US$ 420 milhões (R$ 747 milhões) entre junho de 2006 e 2007.Logo atrás de Madonna, em segundo lugar, ficou a cantora e atriz Barbra Streisand, a cantora mais velha da lista. Ela ganhou US$ 60 milhões (R$ 107 milhões) durante a primeira turnê desde que anunciou sua aposentadoria, em 2000.LucrosPara produzir o ranking, os especialistas da Forbes analisaram os lucros em mercadoria e a soma das vendas dos ingressos de shows, das venda de discos e de lucros adicionais de itens como linhas de roupas, perfumes e participação em campanhas publicitárias. A publicação analisou apenas cantoras que estiveram ativas durante o período, ou seja, aquelas que lançaram um álbum ou filme no período. Em terceiro lugar, ficou a canadense Celine Dion, que arrecadou US$ 45 milhões (R$ 80 milhões) durante a temporada de shows A New Day, no cassino Ceasars Palace, em Las Vegas.Até mesmo a cantora Britney Spears, que teve sua vida pública conturbada nos últimos meses, entrou no ranking da Forbes. Ela ocupa a 14ª colocação, com renda de US$ 8 milhões (R$ 14 milhões) proveniente da venda de seu perfume, Curious, e de direitos autorais de antigos sucessos. A última colocação no ranking de 20 cantoras ficou com Norah Jones, que arrecadou US$ 5,5 milhões (R$ 9,7 milhões).BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.