Mãe identifica filha em vídeo de estudantes sequestradas na Nigéria

A mãe de uma estudante sequestrada na Nigéria identificou a filha em um vídeo divulgado por rebeldes islâmicos que mostra dezenas de jovens em cativeiro, afirmou nesta terça-feira um representante dos familiares das vítimas.

Reuters

13 de maio de 2014 | 10h12

A mãe viu o vídeo na televisão na noite de segunda-feira e reparou que sua filha estava entre as meninas sentadas no chão e usando véus, de acordo com Dumoma Mpur, presidente da associação de pais e professores da escola secundária no vilarejo de Chibok, de onde as meninas foram levadas, no nordeste da Nigéria.

O líder do grupo rebelde Boko Haram, Abubakar Shekau, divulgou um vídeo na segunda-feira oferecendo liberar as mais de 200 estudantes sequestradas na escola em meados de abril, em troca de prisioneiros presos pelo governo. Não estava imediatamente claro quando o vídeo das garotas foi filmado.

“O vídeo deixou os pais apreensivos novamente após o assistirem, mas as várias medidas tomadas pelo governo e a chegada de tropas estrangeiras está melhorando nosso espírito, mesmo que eu não tenha visto nenhum soldado em Chibok ainda”, disse Mpur à Reuters por telefone.

O governo nigeriano disse estar explorando todas as opções em seu esforço para resgatar as meninas. Os Estados Unidos e a Grã-Bretanha enviaram especialistas para ajudar com as buscas.

(Por Isaac Abrak)

Tudo o que sabemos sobre:
NIGERIAMENINASMAES*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.