Máfia é 'um dos negócios mais rentáveis da Itália'

Segundo relatório, esquemas de extorsão aumentaram sobretudo no sul do país; criminosos faturam US$ 120 bi

David Willey, BBC

23 de outubro de 2007 | 08h05

A Máfia se tornou um dos mais rentáveis empreendimentos da Itália, com um faturamento anual de mais de US$ 120 bilhões, segundo relatório apresentado pela principal associação de comerciantes do país, a Confcommercio. De acordo com o relatório, 7% da produção italiana passa pelas mãos do crime organizado. O documento alerta para o aumento de esquemas de extorsão pela Máfia que, segundo os comerciantes, afetam pequenas e grandes empresas, sobretudo no sul da Itália. A Confcommercio diz que os mafiosos atuam em todos os setores da economia italiana, da indústria alimentícia ao turismo, do mercado imobiliário aos serviços. Algumas das maiores e mais famosas empreiteiras do país são nomeadas no relatório, por supostamente fecharem os olhos para o problema. Segundo o documento, as grandes empresas têm mais facilidade de negociar acordos com a Máfia, em vez de denunciar os esquemas de extorsão. O estudo alega ainda que 20% das lojas da Itália pagam regularmente uma espécie de propina aos criminosos para manter tranquilamente seus negócios. Esta percentagem é muito maior no sul do país - na Sicília, oito em cada dez lojas fazem um pagamento mensal para a Máfia.   "Do filão alimentar ao turismo, dos serviços para empresas aos pessoais, das licitações aos abastecimentos públicos, do setor imobiliário ao financeiro, a presença da criminalidade organizada se consolida em toda atividade econômica" da Itália, indicou o relatório. O vice-ministro do Interior, Marco Minniti, disse que o aumento do envolvimento da Máfia em crimes comerciais é alarmante.   "Todos os anos, há mais de uma década, este estudo da Confesercenti nos fornece um mapa impressionante do poder econômico dos grupos mafiosos e do seu peso sobre as atividades comerciais. Talvez sejam dados ainda muito baixos", comentou o deputado Francesco Forgione, presidente da Comissão Parlamentar Antimáfia do parlamento italiano   BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.