Maggi se diz disposto ao diálogo na questão ambiental

O governador do Mato Grosso, Blairo Maggi (PR), disse ao chegar para o I Fórum de Governadores da Amazônia Legal, estar com disposição para o diálogo. "Não vim aqui para ir ao ringue. Vim para negociar e discutir", reforçou o governador que vinha protagonizando um tiroteio verbal pela imprensa com o ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc. Os dois tiveram um rápido encontro na entrada do Centro de Convenções, em Belém (PA), onde acontece o encontro.Blairo Maggi cobra do governo alteração na portaria 96, assinada em 27 de junho pela ex-ministra Marina Silva. A portaria, segundo o governador, torna quase impossível a concessão de crédito oficial para todos os municípios do Acre, Amazonas, Pará, Rondônia e Roraima e outras 106 cidades do Maranhão, Mato Grosso e Tocantins que, embora estejam no cerrado, foram incluídos pela ministra no bioma Amazônia.A expectativa é de que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva anuncie na reunião com os governadores uma mudança na portaria. O Ministério da Fazenda estima que os créditos para os cerca de 500 municípios bloqueados envolvem R$ 2,6 bilhões.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.