Maior chuva em 24 anos inunda 400 casas em Sorocaba

A chuva que atingiu Sorocaba, a 92 km de São Paulo, entre a noite de ontem e a madrugada de hoje foi a maior dos últimos 24 anos, segundo a Defesa Civil. O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) registrou 164,4 milímetros acumulados de chuva num período de 24 horas, mas o pluviômetro instalado na prefeitura da cidade acumulou 150 mm em apenas quatro horas. Volume maior só havia caído em 1987. A quantidade de chuva foi excepcional, segundo o Inmet, e superou até a média de todo mês de fevereiro, que é de 153 milímetros.

SOROCABA, Agência Estado

17 de fevereiro de 2011 | 18h02

A cidade, de 583 mil habitantes, sucumbiu sob o temporal. O rio Sorocaba transbordou e cerca de 400 casas ficaram alagadas em 11 bairros. Apenas no Jardim Abaeté, 300 imóveis foram inundados. Apesar do nível da água ter atingido até 1,10 m, a maioria dos moradores permaneceu nas casas alagadas. No Jardim Santo André II, trinta famílias foram removidas. O prefeito Vitor Lippi (PSDB), que acompanhou o socorro aos desalojados durante a madrugada, disse que apesar dos estragos, não houve vítimas.

O temporal derrubou árvores, destruiu ruas e causou a queda de muros. A Avenida Itavuvu, principal acesso à zona norte, sofreu afundamentos e foi interditada nos dois sentidos. Na região da Vila Rica, um córrego saiu do leito e a correnteza arrastou três carros - dois ficaram empilhados. Uma ponte foi levada pelas águas. A casa de bombas do sistema de captação da Estação de Tratamento de Água (ETA) do Éden foi inundada e a unidade parou de funcionar. Quatro bairros da região leste estavam sem abastecimento hoje. Equipes da prefeitura distribuíram alimentos e roupas de cama às famílias atingidas pela enchente.

Tudo o que sabemos sobre:
chuvaalagamentosSorocaba

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.