Maioria dos templos está irregular em Sorocaba-SP

Mais de 60% das igrejas e templos religiosos de Sorocaba (SP) estão em situação irregular, segundo a Secretaria de Segurança Comunitária do município. Das 486 instituições que ocupam prédios na cidade, 293 não possuem inscrição municipal nem alvará de funcionamento.

JOSÉ MARIA TOMAZELA, Agência Estado

25 Outubro 2011 | 17h29

De acordo com o secretário Roberto Montgomery Soares, desde 2009 nenhum registro de inscrição municipal foi solicitado na prefeitura, apesar da proliferação de templos na cidade. O Ministério Público Estadual abriu inquérito civil público para investigar denúncia de que muitos templos religiosos funcionam sem atender as normas de segurança.

Dos 140 prédios usados para cultos religiosos fiscalizados durante o mês de agosto deste ano pela prefeitura, em 44 foram constatados problemas estruturais graves - alguns corriam risco de incêndio ou de desabamento. A prefeitura convocou os representantes das igrejas para regularizar a situação, mas apenas 15 se manifestaram.

Eles alegam que as igrejas vivem de doações e não têm recursos para investimentos. Hoje, em audiência na Câmara, os religiosos decidiram formar uma comissão e pedir mais prazo ao MP para melhorar a segurança dos templos. Eles se dispõem a assinar um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com o Ministério Público.

Mais conteúdo sobre:
urbanismo templo irregular

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.