Mais 11 radares passam a multar motoristas em São Paulo

Com esses, já são 63 os equipamentos flagrando infrações; Prefeitura quer 123 até o final do ano

Vítor Sorano, do Jornal da Tarde,

21 Novembro 2008 | 10h04

Mais 11 radares fixos passaram a multar na capital na quinta-feira, 11. Agora já são 63, de um total de 123 que a Prefeitura de São Paulo quer ter em funcionamento até o final do ano. A maioria dos equipamentos está instalada nas regiões norte e oeste.       A Marginal do Tietê, que já tinha seis equipamentos instalados, ganhou mais um. O novo está no sentido Ayrton Senna/Castelo Branco, próximo à ponte Júlio de Mesquita Neto, na zona norte da cidade. A avenida Washington Luís, na zona sul, também recebeu dois.   Os radares fiscalizam basicamente velocidade. Entretanto, como a maioria deles possui o sistema de Leitura Automática de Placas (LAP), também flagram motoristas que desrespeitam o rodízio. A fiscalização por meio dos novos equipamentos só começa a valer depois que a localização deles é publicada no Diário Oficial da Cidade. Antes, eles precisam ser instalados e passar por uma vistoria do Instituto de Pesos e Medidas do Estado de São Paulo (Ipem-SP).   Em outubro, a cidade ficou sem 40 de seus radares. O contrato com a empresa Engebrás, responsável pelos equipamentos, terminou e a Secretaria Municipal dos Transportes não havia fechado um novo contrato para a manutenção do serviço. Por isso, os flagrantes podiam até ocorrer, mas não registravam multas. Agora, já há 26 radares na zona norte, 14 na zona oeste e 23 na zona sul. A região leste ainda não teve equipamentos instalados.   Endereços dos radares que já multam:   - Av. Pompéia, oposto à Rua Coari, nos dois sentidos - Av. Luís Dumont Villares, próximo à Rua Francisco Lipi, nos dois sentidos - Av. Engº Caetano Álvares, próximo à R. Conde de Santa Fé, sentido centro/bairro e próximo à Rua Rodolfo Marin, bairro/centro - Av. Washington Luís, próximo à Rua Robélia, sentido bairro/centro, e próximo à Rua Dória, centro/bairro - Av. Presidente Tancredo Neves, oposto à Trav. Santi Ugolino Michelazzo, nos dois sentidos - Marginal Tietê, pista expressa, antes da Ponte Júlio de Mesquita Neto, sentido Ayrton Senna

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.