Mais de 25 pessoas são mortas durante ataque à comunidade de pescadores nigerianos

Mais de 25 pessoas, a maioria pescadores, foram mortas a tiros em uma comunidade afastada no estado de Borno, no nordeste da Nigéria coração do grupo islâmico Boko Haram, disseram neste domingo policiais e testemunhas.

REUTERS

23 Novembro 2014 | 12h05

No sábado supostos insurgentes do Boko Haram entraram em Doron Baga, ao norte de Maiduguri, capital de Borno, e atiraram enquanto passavam de motocicletas.

Uma fonte da polícia disse que mais de 25 pessoas foram mortas. Uma outra pessoa disse que o número de mortos é maior.

"Membros do Boko Haram fizeram uma emboscada para os comerciantes que vieram comprar peixe em Doron Baga... Eles mataram mais de 40 e levaram os peixes que alguns desses comerciantes haviam comprado", disse à Reuters o morador de Maiduguri, Mallam Ali Jatu.

Doron Baga já foi atacada pelo Boko Haram antes.

O ataque de sábado não foi relatado imediatamente devido à falta de comunicação. Isso ocorreu após outras 45 pessoas terem sido assassinadas no mesmo estado em represália pela morte de quatro membros do Boko Haram.

(Reportagem de Lanre Ola)

Mais conteúdo sobre:
NIGERIA ATAQUE MORTES*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.