Mais de 30 cidades de SC têm temperaturas negativas

Mais de 30 cidades registraram temperaturas negativas na madrugada e início da manhã desta quarta-feira, em Santa Catarina. Uma massa seca e fria de ar polar, que permanecerá no Estado até esta quinta-feira, 25, foi responsável pela acentuada queda da temperatura em todas as regiões. A menor temperatura, -7,4º C foi registrada em Urupema. Na mesma região serrana, Bom Jardim da Serra teve -5,9º C e Água Doce registrou -4,9º C. São Joaquim, primeira das 94 cidades com registro de neve durante a semana, amanheceu com -3,1º C. Na faixa litorânea, a mais baixa foi registrada em Jaraguá do Sul, no norte. Na madrugada mais fria do ano, a cidade amanheceu com -0,2º C, de acordo com medição da Estação Meteorológica Affonso Schwartz.

JÚLIO CASTRO, Agência Estado

24 de julho de 2013 | 14h49

Já Florianópolis amanheceu com temperatura de 2,2º C. A mais baixa temperatura na capital catarinense foi registrada em agosto de 1984: 1,3º C. A baixa temperatura contribuiu para a preservação de boa parte da neve que cobriu de branco o Maciço do Cambirela, na Grande Florianópolis. Ainda no início da tarde desta quarta-feira, foi possível ver, do centro da capital, grande quantidade de gelo sobre o cume. No Sul, Criciúma e Urussanga, foram as cidades com as mais baixas temperaturas: 0,3º C.

A neve, que foi o centro das atenções nos primeiros dias da semana, deu lugar à ocorrência de geada ampla e forte em boa parte de Santa Catarina. Na região serrana, onde praticamente toda a população amanheceu com a cidade sob temperatura negativa, o espetáculo ficou pelo congelamento de nascentes, cachoeiras e córregos. Em São Joaquim, a página www.climaterra.com.br exibiu uma foto de uma motocicleta sobre um reboque que amanheceu completamente congelada pelo efeito da geada.

A ideia foi do empresário Sivori Madeira que, propositalmente, deixou a moto sob a ação do frio. A carenagem, espelhos e pedais da moto serviram de sustentação à formação das estalactites de gelo. As pastagens também não fugiram à ação da forte onda de frio. As temperaturas voltam a subir somente na sexta-feira, 26.

Mais conteúdo sobre:
FlorianópolisSanta Catarina

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.