Mais de 30 mortos e 100 feridos em atentado suicida no Afeganistão

Um atentado suicida na cidade afegã de Jalalabad matou 33 pessoas e feriu mais de uma centena nas portas de um banco em que funcionários governamentais cobravam seus salários, disse neste sábado o chefe de polícia da cidade.

REUTERS

18 Abril 2015 | 09h40

A polícia investiga se houve uma segunda explosão após pessoas se dirigem ao local para prestar ajuda, disse o chefe de polícia, Fazel Ahmad Sherzad, em entrevista a jornalistas.

"Foi um atentado suicida", disse Sherzad, acrescentando que a polícia ainda tem que verificar se o suicida também colocou explosivos em um carro.

Insurgentes do Taliban negaram qualquer responsabilidade, embora tenham atribuído eventos anteriores a uma onda de ataques que coincidem com a retirada abrupta das tropas internacionais.

Pela primeira vez desde que o movimento Taliban foi derrotado em 2001, as forças afegãs combatem com pouco apoio dos soldados da Organização do Tratado do Atlâtico Norte (Otan).

(Reportagem de Rafi Sherzad em Jalalabad e Mirwais Harooni em Cabul)

Mais conteúdo sobre:
AFEGANIST O ATENTADO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.