Mais de 75% das licenças de mineração da Guiné estão inativas--ministro

Mais de 75 por cento das licenças de mineração emitidas pela Guiné antes de 2011 estão atualmente inativas e devem ser canceladas, disse Mohamed Lamine Fofana, ministro das Minas do país nesta terça-feira.

Reuters

18 Dezembro 2012 | 17h59

"Das 1.072 licenças, 818 estão inativas. Nosso objetivo, claro, é cancelá-las", afirmou o ministro a jornalistas em Conakry, capital do país, após anúncios dos resultados de uma análise dos registros de mineração da Guiné lançado em 2011.

(Reportagem de Saliou Samb)

Mais conteúdo sobre:
MINERACAO MINAS GUINE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.