Mais dois atentados foram registrados pela PM de SC

Mais dois atentados foram registrados pela Polícia Militar de Santa Catarina na madrugada deste domingo. Com as ocorrências, o número de ataques desde o último dia 26 de setembro chega a 108. Duas pessoas também foram presas em uma festa que serviria para arrecadar dinheiro para uma facção criminosa.

TOMÁS M. PETERSEN, ESPECIAL PARA ESTADÃO CONTEÚDO, Estadão Conteúdo

12 de outubro de 2014 | 20h25

Os atentados aconteceram na Serra e no Sul do Estado. Em Lages, um agente prisional informou que um carro passou na frente de sua casa. Os suspeitos arremessaram no terreno um coquetel molotov, que chegou a quebrar mas não pegou fogo. Em Araranguá, às 2h20, houve uma tentativa de incêndio ao pátio de uma empresa de guinchos, que presta serviços à PM. Um carro foi visto saindo do local abandonando um galão de gasolina em chamas. Um funcionário do local conseguiu apagar o fogo antes de maiores prejuízos.

Na cidade de Balneário Camboriú, o serviço de inteligência da PM identificou uma festa que seria promovida para arrecadar fundos para uma facção criminosa. Duas pessoas foram presas, uma delas apontada como o responsável pelas finanças do grupo. Durante toda esta terceira série de atentados, 60 suspeitos já foram presos por envolvimento com os ataques.

Mais conteúdo sobre:
ataquesSCviolência

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.