Mais duas vagas preenchidas na F-1. Faltam 11

A equipe Force India anunciou, ontem, que sua dupla de pilotos para 2010 será a mesma que concluiu a última temporada: o alemão Adrian Sutil e o italiano Vitantonio Liuzzi. Ao contrário dos últimos anos na Fórmula 1, em que praticamente não havia renovação de pilotos, no campeonato que vai começar dia 14 de março no circuito de Sakhir, no Bahrein, as mudanças e as novidades entre os pilotos serão grandes. Se a Sauber for confirmada como 13.ª equipe, como se acredita, serão 26 vagas no grid. Dessas, há ainda em aberto nada menos do que 11. Confirmaram seus pilotos para 2010 a Ferrari, que terá Felipe Massa e Fernando Alonso, a McLaren, Lewis Hamilton e Jenson Button, a Red Bull, Sebastian Vettel e Mark Webber, e a Williams, que terá Rubens Barrichello e Nico Hulkenberg. Há nas demais escuderias muitos cockpits sem piloto ainda. Chama a atenção o fato de o time campeão do mundo, a Brawn GP, agora Mercedes GP, ter confirmado apenas Nico Rosberg. A Renault, campeã em 2005 e 2006, só tem certo Robert Kubica, a Toro Rosso, Sebastien Buemi, a Campos, Bruno Senna, e a Manor, Timo Glock. Não é conhecido ainda nenhum piloto da Lotus, da US F1 e da Sauber, se a FIA a confirmar na F-1. Ontem a BMW anunciou que revendeu ao suíço Peter Sauber sua participação na equipe. O finlandês Kimi Raikkonen, dispensado pela Ferrari, deve assinar contrato com a Citroën para disputar o Mundial de Rali.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.