Mais empresas entram em índice verde da Bolsa

A BM&FBovespa anunciou a nova composição do Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE), carteira de ações que inclui empresas que atendem a critérios de sustentabilidade.

AFRA BALAZINA e ANDREA VIALLI, O Estado de S.Paulo

27 de novembro de 2010 | 00h00

A nova carteira entra em vigor a partir de 3 de janeiro de 2011 e reúne 47 ações de 38 companhias. As novatas são empresas dos setores de serviços educacionais e mineração.

Das 34 empresas que constavam na carteira anterior, 32 foram selecionadas também para a nova carteira. A siderúrgica Usiminas e o laboratório Dasa deixaram de fazer parte do índice de ações. As seis empresas que ingressam na nova carteira e não estavam na anterior são Anhanguera, Bicbanco, Copasa, Santander, Ultrapar e Vale - a primeira grande mineradora a compor a carteira de ações.

O ISE foi criado em 2005 como resultado de uma tendência mundial dos investidores em busca de empresas com bom desempenho em critérios de sustentabilidade para aplicar seus recursos.

BAIXADA SANTISTA

Estudantes monitoram a situação de rios

Neste ano, os rios da Região Metropolitana da Baixada Santista foram mapeados por jovens de 36 escolas que participam do projeto Rio do Nosso Bairro - Escolas Cuidando das Águas, da ONG Ecosurfi. Cerca de cem professores de nove municípios se envolveram nas atividades do projeto, que teve como eixos de atuação as questões de saneamento básico, gestão dos recursos hídricos, meio ambiente e saúde pública. Os mapeamentos serão apresentados hoje em uma conferência no Guarujá (riodonossobairro.org.br).

ÁGUA

Lançado edital para serviços ambientais

A ONG The Nature Conservancy (TNC) acaba de abrir edital para instituições interessadas em participar de projetos de Pagamento por Serviços Ambientais (PSA). O objetivo é remunerar proprietários de terra que conservem a vegetação nativa e suas nascentes na região do Sistema Cantareira. A proposta, que deve ser enviada até o dia 9 de dezembro, deve ter valor máximo de R$ 24 mil. O edital pode ser conferido no site nature.org.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.