Mais Médicos vai atrasar, diz secretário

O Programa Mais Médicos, com início programado para o dia 16, levando profissionais para locais carentes de serviços de saúde, vai atrasar pelo menos em uma semana. A informação foi dada nesta quarta-feira, 11, pelo Secretário de Gestão de Trabalho e da Educação na Saúde, do Ministério da Saúde, Mozart Sales.

ANGELA LACERDA, Agência Estado

11 de setembro de 2013 | 19h26

Segundo o secretário, as ações judiciais impetradas por Conselhos Regionais de Medicina é a motivação do atraso. Ele informou que na próxima semana os profissionais irão entrar em contato com os procedimentos de média e alta complexidades nas capitais.

Mais conteúdo sobre:
Mais Médicosatraso

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.