Malásia emite instruções para prática do islã no espaço

O primeiro astronauta da Malásia, um país de maioria muçulmana, receberá instruções sobre como orar em gravidade zero e obedecer às regras do islã ao fazer as refeições no espaço, disse a principal autoridade do programa espacial do país.As instruções foram elaboradas para o cidadão da Malásia que tomará parte numa missão científica russa na Estação Espacial Internacional (ISS), disse o chefe da Agência Espacial Nacional, Mazlan Othman.Autoridades já haviam dito que um código islâmico para a conduta no espaço é necessário porque poucos muçulmanos já tomaram parte de viagens espaciais.Os dois finalistas malaios para a vaga de astronauta, Sheikh Muszaphar Shukor e Faiz Khaleed, estão em treinamento em Moscou. Eles foram selecionados entre mais de 10.000 candidatos.A Malásia realizou um fórum islâmico em abril de 2006 para discutir os problemas da prática da religião no espaço, como o meio de localizar a cidade sagrada de meca quando se está em órbita. O livreto de instruções, publicado neste mês, diz que determinação da direção de Meca deve ser feita "de acordo com a capacidade" do astronauta. Os astronautas muçulmanos que estiverem no espaço durante Ramadã, o mês sagrado no qual os fiéis islâmicos devem jejuar entre o nascer e o pôr-do-sol, podem optar opor compensar o jejum na volta à Terra.

Agencia Estado,

30 de abril de 2007 | 18h28

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.