Manaus enfrenta epidemia com quatro tipos de dengue

Pela primeira vez, os quatro sorotipos do vírus da dengue circulam simultaneamente em Manaus. A capital do Amazonas enfrenta uma epidemia da doença desde o início do ano. A presença do sorotipo 4 (DEN-4), também pela primeira vez em uma epidemia no País, preocupa especialistas.

AE, Agência Estado

26 de fevereiro de 2011 | 07h42

"A circulação dos quatro sorotipos ao mesmo tempo é um fato inédito no Brasil. Até agora não havia sido registrada essa situação em nenhum Estado brasileiro", afirma o coordenador do Centro de Virologia da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo em Ribeirão Preto, Luis Tadeu Figueiredo.

"O sorotipo 4 só foi identificado até agora no Norte. É o último grau que a disseminação da dengue pode chegar. É um sinal ruim, porque significa que vamos ter mais casos graves de dengue", acrescenta.

Um dos principais arbovirologistas do País, Figueiredo se reuniu esta semana em Ribeirão Preto com a infectologista Maria Paula Mourão, da Fundação de Medicina Tropical do Amazonas, para tratar dos detalhes da implantação do programa para estudo da dengue em Manaus, Boa Vista e Ribeirão Preto.

"Esse é o cenário do dengue que a gente conhece no Sudeste Asiático, onde os quatro sorotipos circulam simultaneamente", lembra Maria Paula.

Figueiredo esclarece que no Caribe ocorreram epidemias dos quatro tipos, mas um sorotipo por vez. "O que está acontecendo em Manaus, com base no que vi lá em janeiro - e chamei atenção para alertar a população - é a circulação dos quatro vírus ao mesmo tempo", reforça ele. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Tudo o que sabemos sobre:
dengueManaussorotipos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.