Manchetes Summary

O governo boliviano e os sindicatos camponeses aumentaram na segunda-feira a pressão sobre três governadores regionais para que assinem um acordo nacional que garanta uma saída para o conflito desencadeado pelos planos socialistas do presidente Evo Morales. As bases deste pacto foram definidas numa primeira rodada de negociações, concluídas no domingo, mas no último momento os líderes rebeldes se recusaram a assiná-lo, deixando tudo pendente pelo menos até quinta-feira, quando Morales retornar da Assembléia Geral das Nações Unidas. Coréia do Norte recua de tratado nuclear SEUL (Reuters) - A Coréia do Norte anunciou na sexta-feira a reativação iminente da sua usina nuclear e rejeitou a Pio 12 "não poupou esforços" para ajudar judeus, diz Bento 16 CIDADE DO VATICANO (Reuters) - O papa Bento 16 defendeu enfaticamente na quinta-feira o seu antecessor Pio 12 da acusação de não ter se empenhado para ajudar os judeus durante a Segunda Guerra Mundial, afirmando que ele "não poupou esforços" nesse sentido. O papa fez um pronunciamento num simpósio em Roma sobre o pontificado de Pio 12 (1939-58), promovido pela Fundação Pave the Way, dos EUA, que reúne judeus e católicos. Habitualmente, a Igreja argumenta que Pio 12 agiu em prol dos judeus apenas nos bastidores, porque fazê-lo publicamente poderia expô-los a um maior risco. ESTRÉIA-"Linha de Montagem" recupera origens do sindicalismo SÃO PAULO (Reuters)- O relançamento, em cópia restaurada, do documentário "Linha de Montagem", de Renato Tapajós, representa uma façanha em mais de um sentido. Por muito pouco, o filme realizado entre 1979 e 1981 e lançado em 1982, não foi apreendido pela Para almirante, modernização da Marinha precisa de R$4 bi ao ano ITAPEMIRIM, Espírito Santo (Reuters) - A Marinha precisa de quase 4 bilhões de reais por ano para se modernizar tanto na área de equipamentos quanto na de treinamento de pessoal, segundo avaliação do comandante de Operações Navais, almirante de Esquadra Álvaro Luiz Pinto. "Só para se ter uma idéia, para a manutenção do status quo a Marinha precisa de 2,8 bilhões ano", afirmou o militar a jornalistas que acompanharam manobras da Operação Atlântico, que simula a defesa da infra-estrutura do petróleo, na cidade capixaba de Itapemirim. Coréia do Norte recua de tratado nuclear SEUL (Reuters) - A Coréia do Norte anunciou na sexta-feira a reativação iminente da sua usina nuclear e rejeitou a perspectiva de ser retirada da lista norte-americana de patrocinadores do terrorismo em troca de um acordo de desarmamento. O regime comunista disse ter iniciado obras de reconstrução da usina de Yongbyon, um presente da ex-União Soviética que estava sendo desmontado em consequência de um acordo multilateral da Coréia do Norte com Estados Unidos, China, Japão, Rússia e Coréia do Sul. Paulson defende plano "decisivo" para remover ativo sem liquidez WASHINGTON (Reuters) - O secretário do Tesouro norte-americano, Henry Paulson, pediu ao Congresso nesta sexta-feira que apóie um plano para atacar a crise financeira com a compra de empréstimos arriscados. Segundo ele, essa é a melhor esperança de longo prazo para poupar o dinheiro dos contribuintes. Companhia aérea Azul tem interesse em aeroportos do país RIO (Reuters) - A companhia aérea Azul, subsidiária da norte-americana JetBlue, pretende estrear suas operações no Brasil em dezembro e já manifesta interesse na privatização dos aeroportos Internacional Tom Jobim, no Rio de Janeiro, e de Viracopos, em Campinas (SP), segundo afirmou nesta quarta-feira o empresário David Neeleman. A empresa poderia buscar parceiros internacionais para participar da licitação dos dois aeroportos que pode ocorrer ano que vem. Com táticas distintas, sindicatos pressionam OI e BRASIL TEL SÃO PAULO (Reuters) - Duas federações de trabalhadores da área de telecomunicações, ainda que em lados políticos diferentes, começam a pressionar as operadoras Oi e Brasil Telecom, preocupadas com o que acontecerá com os postos de trabalho dessas companhias caso a fusão entre elas aconteça. Em jogo está um contingente de 28 mil trabalhadores em uma operação que será quase nacional, já que, juntas, as operadoras atuam em todo o Brasil na telefonia móvel, mas na fixa ficam fora apenas do Estado de São Paulo, pelo menos por enquanto. Tyson usará Brasil para ter acesso ao mercado europeu em aves SÃO PAULO (Reuters) - O Brasil será a porta de entrada na Europa para a Tyson Foods, maior processadora mundial de carnes, devido ao acesso do país sem restrições para exportação de aves a esse mercado. Com as restrições às vendas dos Estados Unidos à Europa devido a divergências relacionadas a métodos de produção, esse é um dos poucos mercados à que a Tyson não tem acesso.

AUMENTA, REUTERS

23 de setembro de 2008 | 01h14

Tudo o que sabemos sobre:
SUMMARY*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.