Manifestações fecham acesso ao Porto de Santos

Os principais acessos ao Polo Industrial de Cubatão e ao Porto de Santos foram bloqueados por volta das 5 horas desta quinta-feira, 11, no Dia Nacional de Lutas, organizado por centrais sindicais. Os bloqueios ocorrem na entrada da cidade, na Avenida Martins Fontes, altura do Cemitério do Saboó, prejudicando a movimentação de veículos que se dirigem à Via Anchieta. Os trabalhadores só acessam as 22 indústrias que integram o parque industrial de Cubatão a pé.

ZULEIDE DE BARROS, Agência Estado

11 de julho de 2013 | 08h17

A Rodovia Cônego Domênico Rangoni, na Baixada Santista, também foi fechada, impedindo a passagem de caminhões e carretas que acessam os terminais marítimos da margem esquerda do porto, em Guarujá.

Outros pontos estratégicos, como a divisa entre Santos e São Vicente, nas imediações da Praia do Itararé, também estão sendo interditados, por enquanto, de forma pacífica. Já a travessia de balsas, entre Santos e Guarujá operam normalmente. As empresas de transporte coletivo da Baixada estão funcionando. Só os ônibus intermunicipais, como os que ligam Santos a São Vicente e Santos a Cubatão, encontram dificuldades para ultrapassar os bloqueios. A Polícia Militar informou que está atenta a toda a movimentação e que só intervirá se houver depredação.

Manifestantes interditam também a Rodovia Raposo Tavares, no sentido São Paulo, na altura do km 18,5, o que já provoca lentidão, informa o DER-SP.

Mais conteúdo sobre:
protestosSPSantos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.