Manifestantes cantaram o hino em Ribeirão Preto

Cerca de 20 mil pessoas protestavam nas ruas de Ribeirão Preto (SP) no início da noite desta quinta-feira, segundo a Polícia Militar. Com megafones, os manifestantes gritavam "Vem pra rua!", slogan que virou hit nas ruas do país. E muita gente ia se juntando ao movimento, que começou com as pessoas cantando o Hino Nacional na esplanada do Theatro Pedro 2º, no coração da cidade.

RENE MOREIRA, Agência Estado

20 de junho de 2013 | 20h25

Os manifestantes portavam cartazes, apitos, faixas e saíram fazendo muito barulho. A redução no valor da tarifa de ônibus é a principal reivindicação em Ribeirão. Na cidade, em fevereiro deste ano, o valor da passagem subiu de R$ 2,60 para R$ 2,90. Durante a manifestação foram fechadas avenidas importantes, como Independência e a 9 de Julho. Na prefeitura, temendo vandalismo, câmeras foram instaladas em vários pontos.

Em Franca, a Polícia Militar já contabilizava 5 mil pessoas na manifestação por volta das 19h15. Apesar de pacífico, alguns problemas foram registrados, como vidros quebrados, bombas jogadas na prefeitura, pichações em vários pontos.

Em Araraquara, mesmo com a redução de 10 centavos na tarifa, 500 pessoas partiram do campus da Unesp em protesto. O mesmo ocorreu em Sertãozinho, onde mais de 200 se concentraram logo cedo no cruzamento das ruas Barão do Rio Branco e Aprígio de Araújo, que teve de ser interditado.

Tudo o que sabemos sobre:
protestosribeirão preto

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.