Manifestantes criam site e postam relatos dos protestos

Com o nome "O que não sai na TV", os manifestantes que protestam contra o aumento das tarifas em São Paulo criaram um site para divulgar relatos e depoimentos das pessoas que participaram das mobilizações realizadas até agora. Além de textos, a página no Tumblr traz fotos e vídeos que mostram as agressões de policias contra os manifestantes. Criado nessa quarta-feira, 12, o site conta com 44 postagens sobre os eventos ocorridos na capital paulista e também em outras cidades, como Goiânia e Rio de Janeiro.

GABRIELA VIEIRA, Agência Estado

13 Junho 2013 | 17h21

Chamados de "baderneiros" e "vândalos" pelo governador do Estado, Geraldo Alckmin (PSDB), os jovens alegam que os atos de violência durante as três manifestações já realizadas foram iniciados pela polícia. Em São Paulo, o quarto protesto está marcado para a tarde desta quinta-feira, 13. Mais de 25 mil pessoas confirmaram participação por meio da página do Movimento Passe Livre (MPL) no Facebook.

Mais conteúdo sobre:
tarifasprotestosSPimagens

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.