Manifestantes se dispersam em Sorocaba

Os manifestantes que ocupavam a Praça Coronel Fernando Prestes na região central de Sorocaba, no início da tarde desta quinta-feira, 11, já se dispersaram. De acordo com os organizadores do ato, os grupos voltam a se concentrar no local às 17 horas. As lojas que tinham baixado as portas voltaram a abrir, mas agências bancárias continuam fechadas para o público. Na cidade, a adesão ao dia da luta convocado por centrais sindicais e movimentos sociais chegou a reunir cinco mil pessoas.

JOSÉ MARIA TOMAZELA, Agência Estado

11 de julho de 2013 | 14h28

Prejuízo

A Associação de Lojistas do Centro estimava queda de 80% nas vendas em razão das manifestações desta quinta-feira. Cerca de 800 lojas foram afetadas. De acordo com o presidente da entidade, Hudson Pessini, a sequência de protestos nos últimos meses tem causado prejuízos para o comércio. Ele não descarta a possibilidade de demissões em razão da queda no movimento causada pela recente onda de manifestações.

Mais conteúdo sobre:
protestosSPSorocaba

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.