Mantega: Selic precisa continuar caindo para reduzir spread

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, afirmou nesta sexta-feira que uma taxa de juros real de 2 por cento é um sonho que todos os brasileiros deveriam ter e defendeu as alterações na poupança anunciadas pelo governo na quinta-feira.

REUTERS

04 Maio 2012 | 13h24

Segundo Mantega, o pequeno poupador deve continuar na poupança, que é a melhor aplicação para esse público.

O ministro ainda voltou a afirmar que o spread bancário no Brasil é muito alto e que precisa ser corrigido, sendo que a Selic em queda também ajudará na redução dos spreads.

(Reportagem de Frederico Rosas)

Mais conteúdo sobre:
MACRO MANTEGA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.