Manuscritos do Mar Morto serão digitalizados e publicados online

ARQUEOLOGIA

AP, O Estado de S.Paulo

20 de outubro de 2010 | 00h00

O governo de Israel, em parceria com a Google, está digitalizando os Manuscritos do Mar Morto, um conjunto de documentos de 2 mil anos atrás que inclui partes da Bíblia hebraica. O conteúdo será publicado online e poderá ser acessado de graça. As primeiras imagens, em alta definição, devem ser publicadas nos próximos meses. No total, serão digitalizados cerca de 30 mil fragmentos. Os manuscritos estarão nos idiomas originais (hebraico, aramaico e grego) e ganharão, primeiramente, uma tradução para o inglês. Será possível fazer buscas no documento e traduzi-lo para outras línguas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.