Manutenção dos juros é 'desconhecimento' do BC, diz Serra

De forma enfática, o governador de São Paulo, José Serra (PSDB), criticou nesta sexta-feira a decisão do Banco Central que manteve a taxa de juros do país em 13,75 por cento. O tucano afirmou que a diretoria do BC demonstrou desconhecimento de como funciona a economia no atual momento de crise financeira global. "Eu quero publicamente lamentar, como governador de São Paulo, e em nome de São Paulo, a decisão do Banco Central de não baixar o juros", disse o governador tucano sem ser questionado sobre o assunto por jornalistas presentes ao anúncio de medidas tributárias de estímulo à economia paulista. Para Serra, "essa recusa de mexer nos juros não tem cabimento econômico. Revela mais desconhecimento de como funciona a economia do que qualquer outra coisa", acrescentou. "Não é malícia, é desconhecimento para dizer uma palavra suave", disse Serra. Ele disse ainda que a atitude do BC é trabalho de "maus economistas", em um país que, segundo ele, mantém a maior taxa de juros do mundo num contexto global de alívio monetário. (Reportagem de Carmen Munari)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.