Marcha em BH tem tumulto entre manifestantes e polícia

Um tumulto foi registrado durante o trajeto da Marcha da Liberdade e da Marcha das Vagabundas, hoje, em Belo Horizonte. Alguns participantes entraram em confronto com integrantes da Guarda Civil e policiais militares que estavam em frente à prefeitura da capital mineira. Os guardas usaram cassetetes e spray de pimenta para dispersar os manifestantes mais exaltados. Não houve registro de feridos ou prisões.

EDUARDO KATTAH, Agência Estado

18 Junho 2011 | 20h11

"Alguns manifestantes ameaçaram invadir, mas foi um caso isolado", afirmou Victor do Carmo, um dos organizadores do evento. Integrante do movimento pela descriminalização da maconha, Victor disse que ele e outros representantes da chamada "marcha da maconha" se retiraram quando alguns manifestantes fecharam uma via de acesso à Praça da Liberdade - ponto final da passeata. O trânsito na região ficou bastante complicado.

Segundo a PM, cerca de 800 pessoas participaram do ato na capital mineira. Os organizadores falaram em 1,3 mil manifestantes.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.