Margarinas de Dubai aparecem boiando em Maceió

Centenas de potes de margarinas da marca Nawar, fabricadas em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, apareceram boiando no mar e passaram a ser consumida pelos moradores da praia de Garça Torta, no litoral norte de Maceió. Segundo pescadores, o material chegou até a costa alagoana em bom estado de conservação. "O mar não está para peixe, mas está para margarina", brincou um deles.

RICARDO RODRIGUES, Agência Estado

11 de agosto de 2011 | 18h36

Eles disseram que as margarinas importadas começaram a aparecer no mar na última terça-feira, mas até a manhã de hoje alguns potes ainda estavam na areia da praia. A maioria foi recolhida por moradores da região, que levaram o produto para casa. Embora a margarina já estivesse com data de validade vencida, os moradores começaram a usá-la para fritar peixes, ovos ou passar no pão para consumo no café da manhã. Apesar do alerta feito pela Vigilância Sanitária, que esteve na praia para recolher potes da margarina para análise, os moradores continuam consumido o produto.

Não se sabe ao certo a quantidade de potes de margarina que apareceram boiando no mar, entre as praias Riacho Doce de Garça Torta - dois dos principais cartões postais de Alagoas. O produto pode ter sido despejado por um navio que passou pela costa do litoral alagoano.

Tudo o que sabemos sobre:
DubaimargarinaMaceió

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.