Marcio Fernandes/Estadão
Marcio Fernandes/Estadão

Marina diz que PIB é lamentável e que povo 'há de eleger uma professora'

A candidata do PSB à Presidência, Marina Silva, classificou como "lamentável" o resultado do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro no segundo trimestre, que levou o país a entrar em recessão técnica pela primeira vez desde a crise financeira global de 2008/09.

REUTERS

29 Agosto 2014 | 18h03

"É lamentável que tenhamos tido por dois trimestres seguidos um crescimento que deixe o país numa situação difícil", disse a candidata, em discurso durante o anúncio de seu programa de governo.

A ex-senadora, que assumiu a liderança da chapa após a morte trágica de Eduardo Campos em um acidente aéreo, disse que a comoção com o falecimento do ex-governador de Pernambuco reflete um desejo de mudança.

Marina disse que em 2010 a sociedade lhe deu quase 20 milhões de votos, em 2013 houve as manifestações populares e "agora há uma comoção com a morte de Campos".

Marina afirmou ainda que o povo brasileiro já elegeu um acadêmico, um operário "há de eleger uma professora que veio do seringal da Amazônia.

(Por Eduardo Simões)

Mais conteúdo sobre:
ELEICOES2014 MARINA MUDANCA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.