Marina Palace recebe multa por despejar esgoto na praia no Rio

Constatação da irregularidade do hotel foi feita por mecanismo móvel que funciona como um robô-espião

HELOISA ARUTH STURM, Agência Estado

11 de julho de 2013 | 15h13

RIO - O Hotel Marina Palace, localizado à beira-mar no Leblon, zona sul do Rio, será multado por despejar esgoto na praia. O hotel fica na esquina da Avenida Delfim Moreira com a Rua João Lira, foi autuado na quarta-feira, 10, e será multado pela Companhia Estadual de Águas e Esgotos (Cedae) e pelo Instituto Estadual do Ambiente (Inea) por despejo irregular de esgoto em galeria de água pluvial, que acaba desaguando no mar.

A constatação da irregularidade foi feita por meio de um serviço de teleinspeção de galerias de águas pluviais, um mecanismo móvel que funciona como um robô-espião: uma espécie de carrinho com câmera acoplada que funciona movido à distância. O equipamento está sendo usado pela Secretaria de Estado do Ambiente (SEA) para detectar e corrigir ligações irregulares de esgoto, e faz parte do programa Sena Limpa, que visa a despoluir seis das principais praias do Rio até 2014.

Um prédio residencial no Leblon também foi notificado. De acordo com a SEA, o valor da multa ainda não foi definido. O hotel de 26 andares é considerado 4 estrelas, e a diária para casal nos apartamentos de frente para o mar custa em média R$ 800.

Mais conteúdo sobre:
hotelesgotopraia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.