Marina Silva vai à OMC discutir a importação de pneus usados

A ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, foi autorizada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva a viajar a Genebra, desta segunda-feira até quinta-feira, para participar, na Organização Mundial do Comércio, de uma reunião sobre o contencioso Brasil-União Européia sobre pneus usados. A autorização foi publicada no Diário Oficial.O governo brasileiro se opõe à importação de pneus recauchutados. O assunto foi objeto de polêmica também no Congresso, onde, no último dia 28, o presidente da Câmara, deputado Aldo Rebelo (PCdoB-SP), anulou decisão da comissão especial que examinou o projeto sobre o assunto e aprovou outro texto que liberava a importação de pneus usados. Isto porque o relator do projeto, o deputado Feu Rosa (PP-ES), também é autor de um projeto de liberação dessa importação, o que contraria o regimento interno da Câmara. Agora, a comissão terá de nomear novo relator.Atualmente, algumas empresas importam pneus usados para sua reutilização no mercado nacional. Ambientalistas e integrantes do governo argumentam, no entanto, que pneu é um produto que demora para se decompor. Sustentam que, além de desnecessária, tal liberação abriria uma brecha perigosa para o País receber outros tipos de materiais desprezados pelos países desenvolvidos. Pelas normas atuais, o Brasil não pode receber materiais usados de outros países. A exceção fica por conta da importação de pneus vindos do Uruguai, decidida depois de uma discussão no Mercosul sobre o tema.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.