Marinha recolhe mais destroços de avião da Air France

A Marinha e a Aeronáutica informaram que foram recolhidos nesta sexta-feira apenas destroços do avião da Air France que caiu no oceano Atlântico no dia 31 de maio com 228 pessoas a bordo.

REUTERS

19 Junho 2009 | 19h10

Também na sexta-feira a corveta Caboclo chegou ao Recife com "expressiva quantidade de destroços, além de pertences dos passageiros do Airbus", disseram a Marinha e a Aeronáutica em comunicado.

Esse material foi entregue à equipe francesa responsável pela investigação das causas do acidente.

Desde terça-feira as equipes de busca não resgatam um corpo. Na quarta, foram recolhidos despojos mortais (partes de corpos) a 950 quilômetros de Fernando de Noronha, local onde forças brasileiras e estrangeiras realizam operações relacionadas ao acidente com o Airbus A330 que fazia a rota Rio de Janeiro-Paris.

Autoridades realizaram na sexta-feira uma reunião para, de acordo com as forças brasileiras, "dimensionar os meios logísticos que se façam necessários para a continuidade das ações aéreas e navais de busca e resgate, haja vista a inexistência, até o presente momento, de data estimada para o encerramento da operação".

(Por Tatiana Ramil)

Mais conteúdo sobre:
ACIDENTEDESTROCOSSEXTA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.