Marmelada artesanal atrai turistas

A fabricação da marmelada artesanal tem sido retomada em Marmelópolis, como atrativo turístico. Além do doce em barra, encontram-se geléias, licores, cachaça e até sopa de marmelo. A doceira Maria Madalena de Lima Souza, que produz 20 quilos de marmelada/semana, diz que o segredo do doce de qualidade é mantê-lo cozinhando por pelo menos 4 horas. ''''Ele precisa desgrudar da panela.'''' A receita: os frutos são descascados e cozidos previamente; depois, passados numa peneira para eliminar as sementes, ficando só a polpa. Coloca-se a polpa na panela e uma quantidade igual de açúcar, até chegar ao ponto mencionado pela doceira.

João Carlos de Faria, O Estado de S.Paulo

13 de fevereiro de 2008 | 02h49

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.