Marussia estreia carro na F1 mas ainda aguarda teste de impacto

A equipe Marussia estreou nesta segunda-feira o seu novo carro da Fórmula 1 na pista de Silverstone, embora ainda aguarde um último teste de impacto antes da corrida de abertura da temporada, no dia 18, na Austrália.

ALAN BALDWIN, REUTERS

05 de março de 2012 | 10h14

A ex-Virgin Racing, agora sob controle russo, disse em nota que o modelo MR01, equipado com motor Cosworth, saiu dos boxes para o primeiro de dois eventos promocionais, com quilometragem limitada e pneus de exibição.

Sem ter conseguido realizar o 18º e último teste de impacto, conforme exige o regulamento, a Marussia não pôde colocar seus pilotos Timo Glock e Charles Pic para andar com o carro no último teste da pré-temporada, na semana passada, em Barcelona.

A restrição, no entanto, não vale para eventos promocionais ou de filmagem.

Em comunicado para divulgar o evento, a Marussia não fez menção ao problema do teste de impacto, mas separadamente o consultor técnico Pat Symonds disse que a equipe está prestes a resolvê-lo.

"O componente em questão na verdade passou por um teste de impacto 'não-observado', mas tem tido um desempenho inconsistente nos testes observados", disse Symonds.

"A falha foi apenas marginal, mas, mesmo assim, precisamos erradicar completamente essa margem, e como tal estamos usando o tempo que temos para assegurar uma solução muito mais robusta."

O diretor da equipe, John Booth, disse que o atraso na liberação do carro causa uma "espera longa e frustrante para todos".

"Agora podemos voltar à pista -literalmente- e começar a trabalhar para a primeira corrida da temporada, na Austrália", acrescentou. "Hoje (segunda-feira) é o primeiro de dois eventos promocionais, e, embora os pilotos possam sentir o carro, não poderão tirar nenhuma conclusão real até começarmos a correr com raiva em Melbourne."

Tudo o que sabemos sobre:
F1MARUSSIACARRO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.