Massa bate Hamilton e fica com a pole em Cingapura

Felipe Massa, da Ferrari, conquistou neste sábado a pole position do primeiro Grand Prix de Cingapura, onde fez a volta mais rápida sob os holofotes do que será a primeira prova da Fórmula 1 a ser disputada à noite. Lewis Hamilton, que lidera o campeonato com um ponto de vantagem sobre o brasileiro Massa, com apenas quatro corridas restando para o final da temporada, colocou sua McLaren em segundo no grid de largada, com o atual campeão mundial Kimi Raikkonen saindo em terceiro com sua Ferrari, no domingo (9h, (horário de Brasília) Esta foi a quinta pole de Massa na temporada. O brasileiro também havia sido o mais rápido nos circuitos de rua de Mônaco e Valência. "Em primeiro lugar, o carro estava perfeito, bom para pilotar, e então eu consegui fazer uma volta perfeita", disse Massa contente, cuja prova disputada em casa, no circuito de Interlagos, também é realizada no sentido anti-horário, assim como em Cingapura. "Foi uma grande conquista. O sentimento é fantástico quando você consegue tirar o melhor do carro", completou o brasileiro. O tempo de Massa de 1min44s801 foi 0s664 mais rápido do que o de Hamilton, uma diferença impressionante para os padrões atuais da Fórmula 1. Robert Kubica, da BMW-Sauber, se classificou em quarto lugar, enquanto Heikki Kovalainen, companheiro de Hamilton na McLaren, foi o quinto. O bicampeão mundial Fernando Alonso, que havia sido o mais rápido nos dois últimos treinos livres e parecia ser um sério candidato à pole, teve suas expectativas frustradas quando seu motor morreu na metade da segunda sessão classificatória. O espanhol levou as mãos à cabeça, frustrado, enquanto suas chances de conseguir um lugar decente no grid se evaporavam. SITUAÇÃO DOIDA Mas houve alegria para a equipe Williams, que conseguiu classificar seus dois pilotos entre os dez primeiros pela primeira vez na temporada. O alemão Nico Rosberg vai largar na nona posição, enquanto o japonês Kazuki Nakajima pilotou de forma inspirada durante o treino para se classificar em décimo lugar, o melhor grid de sua carreira. O jovem piloto de 21 anos da Toro Rosso, Sebastian Vettel, que há duas semanas se tornou o piloto mais jovem a fazer uma pole position e posteriormente a vencer uma corrida, se classificou em sétimo para o GP de domingo. Hamilton, que se classificou para a terceira e última sessão de classificação por um triz, disse que a experiência de correr à noite ainda era algo novo para os pilotos. O treino classificatório começou às 22h locais (11h, horário de Brasília) na cidade-estado do sudeste asiático. A prova será disputada às 20h locais. "Esta noite foi meio louco, 11h15 da noite agora e eu nunca dirigi a essa hora antes. Isso é único", disse Hamilton. O britânico de 23 anos reconheceu que teve sorte ao conseguir passar para a terceira fase do treino classificatório depois de ter terminado a segunda em décimo e último lugar entre os classificados. "Eu simplesmente perdi minha primeira volta. Infelizmente, não tive combustível suficiente para dar outra volta e tive que ir para os boxes", contou. "Quando retornei à pista, fiquei preso no tráfego. Foi muita, muita sorte eu ter conseguido passar à terceira fase", completou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.