Massachusetts autoriza casamento de gays de outros Estados

Análise determinou que autorização pode levar milhares de casais para o Estado, reforçando a economia

AP

15 de julho de 2008 | 16h22

O Senado de Massachusetts votou por revogar a lei de 1913 que era usada para barrar o casamento de casais gays de outros Estados.   A lei proibia a liberação de licenças de casamento para casais que não pudessem casar legalmente em seus estados de origem.   Depois que Massachusetts se tornou o primeiro Estado a permitir o casamento gay em 2004, o então governador Mitt Romney ordenou que os clérigos reforçassem a aplicação da lei, pouco conhecida, para casais de outros Estados.   A esforço para a revogação foi apoiado pelo governador Deval Patrick, cuja filha de 18 anos anunciou publicamente, no mês passado, que é lésbica.   Uma análise determinou que a revogação pode levar milhares de casais para o Estado, reforçando a economia em US$ 111 milhões em três anos.

Tudo o que sabemos sobre:
homossexualismoEUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.