Mau tempo cancela voos no aeroporto de Congonhas

A chuva que atingiu a capital paulista causou cancelamento de decolagens e desvio de aterrissagens na noite de ontem, 26, no Aeroporto de Congonhas, na zona sul da capital paulista. Dezenas de passageiros da TAM, até as 2h desta madrugada, ainda estavam no saguão do aeroporto à espera de assistência por parte da empresa aérea. Eles deveriam ter embarcado para várias cidades, entre elas Ribeirão Preto, Curitiba e Rio de Janeiro.

RICARDO VALOTA, Agência Estado

27 Abril 2012 | 03h59

Segundo vários passageiros, que buscaram informação no balcão da empresa, foi informado que havia falta de vagas em hotéis em razão da corrida da Fórmula Indy que acontece neste final de semana na capital paulista. Muitos dos passageiros deveriam ter decolado até as 22h e durante a madrugada ainda esperavam por uma solução e não haviam recebido alimentação por parte da empresa aérea. Alguns dos voos cancelados foram remarcados para horários entre 6h15 e 8h15 desta sexta-feira.

Alguns dos passageiros também informaram que, quando as condições meteorológicas ficaram favoráveis à decolagem, vários chegaram a embarcar, mas os pilotos foram impedidos de levantar voo desta vez em razão do horário, pois já passava das 23h, horário em que o aeroporto fecha e não há mais permissão para sobrevoo na região.

A reportagem do Estadão.com.br entrou em contato com a assessoria de imprensa da TAM, que não soube informar a quantidade e os destinos dos voos cancelados ou alternador, nem o número de passageiros. A assessoria também não soube precisar que tipo de assistência foi dada aos passageiros. Segundo a assessoria, às 3h desta madrugada não havia mais passageiros no saguão do aeroporto.

A nota da TAM divulgada nesta madrugada afirma: "A TAM informa que, em razão do mau tempo da noite desta quinta-feira, 26, parte dos seus voos programados para o Aeroporto de Congonhas, em São Paulo, foram cancelados ou tiveram seus pousos alternados para outras localidades. A companhia está prestando toda a assistência necessária aos passageiros."

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.