Maurren deixa a Rede e procura um novo clube

Técnico Nélio Moura pode montar equipe própria no ano que vem

Amanda Romanelli, O Estadao de S.Paulo

24 de outubro de 2009 | 00h00

A campeã olímpica Maurren Maggi está desempregada - ao menos, temporariamente. Ela e toda a equipe treinada por Nélio Moura, incluindo atletas como Keila Costa, não renovaram o contrato com a Rede Atletismo, assinado há pouco mais de um ano.

Abalada por sete casos de doping neste ano, a Rede reduzirá o investimento nas equipes adultas. A prioridade do time, segundo seu presidente, Jorge Queiroz, é o projeto de formação de atletas, já em funcionamento no moderno CT construído em Bragança Paulista. Nélio afirmou que a saída tem sido desenhada há algum tempo e foi formalizada nos últimos dias. "A Rede optou por manter o foco na criançada e nós decidimos encerrar a parceria."

Maurren começou a carreira na BM&F Bovespa em 1995, mas assinou contrato com a Rede logo após a conquista do ouro no salto em distância nos Jogos de Pequim, em 2008. Empolgada com a estrutura de Bragança, chegou a afirmar que sua filha, Sophia, também treinaria no novo time.

TIME PRÓPRIO EM PAUTA

Nélio afirma que, em breve, terá a definição da temporada 2010. Sua equipe iniciou o trabalho de base na segunda-feira, na pista do Ibirapuera que ainda não foi reformada. Maurren já treina, apesar da artroscopia pela qual passou em setembro.

O técnico admite que seu futuro e o de seus atletas pode estar em um time próprio. "É uma possibilidade. Estamos em busca de parceiros." Nélio afirma que tem recebido auxílio para buscar a captação de recursos. "Mas os contatos no atletismo serão feitos por mim", antecipa. Um acerto com o Pinheiros é dado como improvável, por questões financeiras.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.