MEC aprovou diretriz este ano

O texto das novas diretrizes do ensino médio foi aprovado pelo Ministério da Educação no início do ano e publicado do Diário Oficial da União no dia 31 de janeiro. Em maio de 2011, o Conselho Nacional de Educação já havia aprovado o texto após uma discussão que durou mais de um ano.

O Estado de S.Paulo

17 de agosto de 2012 | 03h04

As diretrizes flexibilizam o ensino médio. Promovem a integração entre a educação e quatro dimensões: trabalho, ciência, tecnologia e cultura. Cada escola pode escolher como quer organizar sua proposta curricular, de acordo com as quatro grandes áreas. Não há definição de manutenção de disciplinas obrigatórias.

As diretrizes também sugerem que o ensino médio noturno, "adequado às condições de trabalhadores", possa ser realizado em mais tempo, ampliando sua duração para mais de três anos, com menor carga horária diária, mas garantido o mínimo de 2,4 mil horas. O documento é mais doutrinário do que mandatório.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.