MEC não acha mil alunos que se inscreveram no Enem

Pouco mais de mil estudantes que se inscreveram no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) não foram encontrados pelo Ministério da Educação (MEC) e não receberam o cartão de ingresso. A avaliação, que será realizada neste fim de semana, exige que os estudantes apresentem o cartão e um documento com foto para entrar nos locais de prova. Nesta segunda-feira, 21, o ministro da Educação, Aloizio Mercadante, anunciou que os mais de 7 milhões de cadernos de provas já estão impressos e estão sob a proteção da Polícia Federal (PF) nos Estados onde serão aplicadas.

LISANDRA PARAGUASSU, Agência Estado

21 Outubro 2013 | 20h25

Depois de um histórico de dificuldades de segurança desde 2010, quando um exemplar da prova foi roubado, Mercadante afirma que este ano dificilmente haverá novos incidentes. "Risco sempre existe num exame deste tamanho, mas não acredito que vamos ter novos problemas", disse. A prova ocorre no sábado, 26, e domingo, 27, em 15 mil locais em todo o País. O MEC alerta os candidatos para chegar com antecedência aos locais de avaliação, levar caneta preta feita de material transparente e não se arriscar a fotografar fotos ou fazer postagens e redes sociais. Em 2012, 63 estudantes foram retirados do exame por não cumprir essas normas. O ministério deve divulgar ainda no domingo um balanço da prova.

Mais conteúdo sobre:
Enem Mercadante

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.