MEC vai recorrer de prorrogação das inscrições do Enem

O Ministério da Educação (MEC) divulgou na tarde de hoje que vai recorrer da decisão da Justiça Federal que prorrogou as inscrições do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) até o dia 28 de agosto. Segundo nota divulgada pelo MEC, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) "tomou conhecimento, por fax, do teor da medida liminar da Justiça Federal do Rio de Janeiro". Ainda de acordo com a nota, "o Instituto recorrerá da decisão, com o objetivo de assegurar o cronograma de aplicação dos exames do Enem". Mais de 4,5 milhões de estudantes se inscreveram para a avaliação.

PRISCILA TRINDADE, Agencia Estado

20 Agosto 2009 | 18h00

Determinação do juiz Bruno Otero Ney da 6ª Vara Federal do Estado prorrogou hoje as inscrições para o Enem em todo o País até às 23h59 do próximo dia 28. De acordo com a Justiça Federal, o pedido foi feito pelo Ministério Público Federal do Estado, que entendeu que o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Anísio Teixeira (Inep) não poderia ter exigido o CPF dos candidatos no ato da inscrição. Para o MPF, os estudantes que fazem o exame estão na faixa etária média entre 15 e 17 anos e não têm obrigação legal de possuir o documento.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.