Médico é libertado após seqüestro de nove dias

Seqüestradores libertaram na madrugada de ontem o médico F.A.L., de 29 anos, na Rodovia Castelo Branco, em São Paulo. A vítima havia sido capturada pelos criminosos no dia 6, em Campinas, interior do Estado.A libertação ocorreu após o pagamento de resgate, cujo valor não foi relevado pela família. Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), Campinas não registrava casos de extorsão mediante seqüestro havia um ano e meio. A pasta não soube informar o ponto exato em que a vítima foi deixada.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.