Médico é primeiro espanhol repatriado por novas regras

Um médico espanhol foi repatriado na terça-feira após tentar ingressar no Brasil pelo Aeroporto Internacional Juscelino Kubitschek, em Brasília. Segundo a Polícia Federal, ele viria à capital federal para participar de um curso em sua área, mas não atendia alguns requisitos para a entrada no país. A repatriação foi o primeiro episódio derivado do endurecimento das regras de ingresso no Brasil para turistas espanhóis. Proibido de entrar no País, o espanhol foi instruído a embarcar em um voo da companhia portuguesa TAP com destino a Madri.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.